Últimos assuntos
» Duvidas em relação a arte marcial a escolher
Sab Mar 29, 2014 11:27 pm por hfontes

» Qual arte marcial seria boa pra mim?
Ter Dez 03, 2013 2:32 am por Kyorus

» Duvida sobre escolas
Qui Mar 28, 2013 3:20 pm por ligia_forte

» Sacos de Pancada
Qua Jul 11, 2012 9:03 pm por blackbird7

» Saco de Pancadas
Ter Maio 01, 2012 9:42 pm por Belmont

» Box pelo video game
Qua Mar 21, 2012 2:42 pm por motoboy

» KIMONOS SHIZEN
Ter Jan 31, 2012 7:35 pm por mario_skt8

» Ginasio novo
Qua Jul 20, 2011 5:47 pm por Pain

»  Forum desactivado estamos em http://www.desportosdecombate.com/
Dom Nov 28, 2010 6:46 pm por Admin

» Fórum desactivado estamos em http://www.desportosdecombate.com/
Dom Nov 28, 2010 6:44 pm por Admin

» Forum desactivado estamos em http://www.desportosdecombate.com/
Dom Nov 28, 2010 6:43 pm por Admin

» ADC (Tm) I - the Begining
Dom Nov 28, 2010 6:42 pm por Admin

» roupa alusiva muay thay
Dom Nov 28, 2010 6:41 pm por Admin

» Sugestao..
Dom Nov 28, 2010 6:41 pm por Admin

» RANKING KICK, FULL, K1, THAI - CLASSE A e B
Qui Set 09, 2010 3:23 pm por jvilas

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Votação

Federação Cearense de Taekwondo anuncia crescimento dos praticantes destas modalidades no Brasil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Federação Cearense de Taekwondo anuncia crescimento dos praticantes destas modalidades no Brasil

Mensagem por Admin em Qua Jun 02, 2010 11:44 am

A Federação Cearense de Taekwondo anunciou hoje que as modalidades de luta estão a ter cada vez mais adeptos no Ceará, um dos maiores estados brasileiros.




Em declarações ao site O Povo On-Line, Fernando Moura, professor de Kung-Fu Sanchou, não estranha este anúncio, pois há muito tempo que assiste a “uma explosão de miúdos e graúdos” no seu ginásio.

O também coordenador de Artes Marciais e Lutas da Secretaria dos Desportos e Lazer da Prefeitura de Fortaleza, acrescentou ainda que “as crianças estão a praticar mais Kung-Fu, Muay Thai, Judo, Karaté, Taekwondo e outras modalidades de combate, não por considerarem que estes desportos «é só porrada», mas sim para se socializarem e disciplinarem-se. Até porque, os desportos de combate não têm nenhuma componente violenta, têm apenas uma vertente social, disciplinar e desportiva”.

Em relação aos adultos, estes procuram as artes marciais “também para se socializarem, mas fundamentalmente para praticar um desporto, que não a tradicional ginástica. Há muitos homens que querem perder a tradicional «barriguinha» e optam por este tipo de desporto, que é muito mais atraente que a passadeira rolante ou o step”.

Fernando Moura terminou as suas declarações dizendo que “o Jiu-Jitsu e o Muay-Thai são as modalidades mais procuradas, talvez devido à série de movimentos que compõem um combate. Nestes desportos não é só a parte motora que «mexe», também o interior do corpo humano e o cérebro são obrigados a trabalhar a um ritmo acelerado, mas saudável”.

O lutador e presidente da Federação Cearense de Muay-Thai, Evilázio Feitosa, concorda com Moura, ao afirmar ao mesmo site que “a disciplina faz parte da cultura e filosofia oriental; por isso, qualquer desporto originário do Oriente tem a disciplina como base. Toda a gente sabe isso, e os miúdos entendem isso melhor que os adultos, apesar de nós acharmos o contrário [risos]. Por isso, mas não só, é que as crianças adoram este tipo de desporto”.

O professor e técnico de Karaté, Francisco Leandro, partilha da mesma opinião dos seus colegas de profissão: “As crianças, com 10 e 11 anos, assim como os adultos, procuram estes desportos de combate porque querem encontrar-se na vida e na sociedade. É assim já há muito tempo e as crianças estão a perceber, cada vez mais, que este desporto é o ideal para elas, pois vão precisar desta «bagagem» na vida futura, nesta sociedade que dia após dia é mais competitiva, difícil e muito complicada. Além disso, a exposição mediática também ajuda muito. Antigamente não se ouvia falar destas modalidades e hoje já temos programas televisivos dedicados a esta temática e muitas horas de transmissão das várias competições que compõem os desportos de combate”.

O mestre em Taekwondo, Fábio Macedo, vai mais longe, ao afirmar que “as pessoas vêm praticar estes desportos para se poderem socializar com outras mais graduadas. Na vida, o mais fraco, aquele com menos recursos, sente-se marginalizado pela sociedade e aqui essas desigualdades não acontecem. Aqui não existe diferenças de sexo, raça ou dinheiro; aqui, todos somos iguais, pois todos vamos para o tatame [tapete] descalços e vestidos de branco”.

Para além do anúncio da crescente procura destas modalidades, a Federação de Taekwondo explicou que, ao contrário do que tradicionalmente é escrito em diversos meios de comunicação social, o Kung-Fu tradicional não é uma modalidade desportiva, mas sim uma arte milenar, tal como o teatro, a arquitectura ou a filosofia.

Isto, porque o Kung-Fu divide-se em 6 categorias (Luta, Wushu Tradicional, Wushu Moderno, Sanchou, Tai Chi Chuan e Shaui Jiao) e apenas a variante de Luta tem uma componente desportiva, sendo as outras artes onde a meditação é o “prato forte”.

A mesma situação ocorre no Taekwondo, onde existe o Taekwondo Luta (Desporto) e o Taekwondo ITF (arte meditativa), e no Karaté, onde a categoria Luta é a única que é desportiva, ao contrário do Karaté-Do e o do Karaté-Interestilos.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 317
Data de inscrição : 01/06/2010
Idade : 39

Ver perfil do usuário http://desportoscombate.forumbom.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum